Tel: (71) 3333-8000

Fax: (71) 3333-8176

O primeiro blog sobre investimento imobiliário na Bahia

27.09.2012

Sem categoria

Mini Jardins verticais são ideais para lugares com pouco espaço

{lang: 'pt-BR'}

Já falamos aqui de como você pode fazer e usar de jardins pequenos na decoração do seu lar. Hoje falaremos um pouco mais sobre o assunto. Vamos entrar em detalhes, agora, sobre os chamados mini jardins verticais, uma solução para residências com pouco espaço para as plantas.
Uma das coisas mais legais dos mini jardins verticais é sua versatilidade, uma vez que podem revestir qualquer tipo de parece ou superfície sem dificuldades. O seu fator negativo pode ficar por conta da necessidade de, em alguns casos, instalar um sistema automático de irrigação. Mas, é claro, na maioria deles você pode fazer isso manualmente.

 

Três dicas de mini jardins verticais

 

Você deve estar se perguntado como montar seu mini jardim vertical, não é mesmo? Então, aqui vão três dicas de opções para você fazer seu jardim subir as paredes.

Dica 1: Quadro Vivo

Uma das dicas da moda, em termos de jardins dentro das residências, são os chamados quadros vivos.
Os quadros verdes, como também são conhecidos, podem ser usados em muitos ambientes domésticos, claro, desde que haja uma boa iluminação natural.

A estrutura é simples (bem vedada, não permite vazamentos e umidade) e colocada como se fosse um quadro comum, com buchas e parafusos, se torna bem eficaz e o efeito estético é deslumbrante.

Quadros vivos são usados na decoração de interiores.

 

Dica 2: Vasos Meia Lua

Mais conhecidos e vistos em residências mundo a fora, este tipo de vaso, que possibilita uma economia de espaço em relação aos vasos tradicionais, possibilita uma boa verticalização do seu jardim pequeno e, ao contrário do quadro vivo, uma maior variedade de plantas, já que cada uma ocupa um vaso diferente.
Os vasos meia lua também permitem que você organize as plantas ao seu gosto.

Vasos meia lua  são opções para decorar lares com pouco espaço

 

Dica 3: Vasos de Coco

Uma moda que começou no nordeste, o uso de vasos de coco ganhou o Brasil e também o gosto das pessoas. Isso por que eles aliam reciclagem, estética e insumos de nutrientes para as plantas ao mesmo tempo.
Os vasos de coco, como o nome sugere, são feitos com fibra de coco e, apesar de não parecerem, são extremamente resistentes e duradouros. Por sua vez, no seu lado estético, deixam o ambiente com um ar mais tropical e aconchegante.
De todo modo, ao contrário dos primeiros, os vasos de coco têm uma ‘validade’, que varia um pouco, principalmente pelo tipo de planta que você vai usar.

Vasos de coco podem ser usados na decoração.

 

Dica extra: Vasos de garrafas PET

Uma dica extra, e, talvez, bem conhecida, é usar vasos de plantas feitos a partir de garradas PET recicladas. Sim, aquelas garrafas de refrigerantes que você joga no lixo podem ser extremamente úteis e, ainda, te economizarem uma graninha.
Como você terá que “fabricar” o seu vaso, é preciso colocar mãos à massa. Com uma garrafa e tesoura em mãos, faça dois cortes, um na base e outro na extremidade superior, e depois recorte a fatia da garrafa que servirá como “boca” do seu vaso. Após isso faça os furos para fixar a garrafa. Para fixa-las você tanto pode usar parafusos quanto cordões. Ai vai depender do seu gosto.

Garrafas PET, se recicladas, podem ser usadas na jardinagem.

 



*

*

*

Corretor Online
© 2010 Ponto 4 & Coelho da Fonseca - CRECI J-1195 - Todos os direitos reservados.